Biografia de Walt Disney

Sendo seu sobrenome uma marca registrada e imediatamente ligada em nossas mentes à infância, Walt Disney foi claramente uma das figuras mais importantes da arte do século XXI. Sua principal contribuição à cultura ocidental foi o desenvolvimento de inúmeros curtas e longas metragens utilizando a técnica de animação para representar mundos de fantasia, cores e alegria. Seus filmes permanecem até hoje na mente de milhões de adultos e crianças em todo o planeta.

O início no mundo das fazendas e da natureza

Toda história mágica começa num ambiente mágico e foi com as lembranças do passado que Walt Disney iniciou sua trajetória de vida. Embora nosso protagonista tenha nascido no ano de 1901, em Chicago, como o quarto filho de um casal de agricultores humildes, viveu seus primeiros anos na região do Missouri. Walt desfrutava seus dias de infância brincando com seus irmãos e criando paraísos de mundos alegres e coloridos.

Seu amor pela natureza que o rodeava lhe assegurava uma imaginação rica e abundante, um dos elementos que mais o ajudariam como adulto em seus processos criativos. Ao longo dos últimos anos de sua infância teve que mudar com sua família para diferentes regiões, tanto por questões de segurança como por possibilidades econômicas.

Em sua juventude despertou progressivamente seu interesse pela arte e a animação. Estudou em diversos institutos de arte e dedicou seus primeiros anos de vida adulta desenhando ilustrações para jornais e empresas que solicitavam seus serviços. Sua paixão eram os desenhos animados e, portanto, fundou sua primeira empresa, a Iwerks - Disney Commercial Artists, no ano de 1920. A mesma foi criada junto com um amigo, mas não prosperou, consequentemente ambos tiveram que seguir seus caminhos separados.

Chegar a Hollywood e mudar para sempre a história

Depois de suas primeiras tentativas em criar suas próprias animações, o jovem Walt decidiu encontrar seu futuro na indústria cinematográfica, na cidade que prometia um futuro incrível. Assim, aos 22 anos de idade, foi morar na cidade de Los Angeles e logo começou a trabalhar para pequenas empresas de animação em Hollywood. Seu primeiro personagem icônico foi o coelho Oswald, um personagem adorável que prometia mudar sua vida, mas que lhe causou muito aborrecimento depois de perder os direitos e ter que entregá-los para a empresa da qual havia criado.

Apenas cinco anos depois de chegar a Hollywood criou o mundialmente famoso Mickey Mouse, um rato amigável e simpático que até hoje é a marca da empresa multimilionária. Mickey Mouse apareceu em um curta-metragem pela primeira vez em 1928 e desde então se tornaria o personagem mimado de Walt Disney.

Além de criar Mickey, Disney deixou sua imaginação livre e solta e criou inúmeros desenhos animados durante os próximos vinte anos, com lendas clássicas e tradicionais, como Branca de Neve e os Sete Anões (1938), o primeiro longa-metragem colorido da história, além de A Bela Adormecida, Cinderela e tantas outras.

A pessoa se tornou empresa e aos poucos Walt Disney passou de funcionário para um dos mais importantes produtores de Hollywood. Ao longo dos anos, teve vários conflitos com funcionários e os sindicatos da indústria cinematográfica, mas seu legado se mantém até hoje. O parque de diversões, conhecido como Disneylandia (localizado na Califórnia), é um local de visitas indiscutível para crianças e adultos de todo o mundo.

A morte de Walt Disney esteve vinculada ao seu vício de fumar, um consumo não questionado e símbolo de status na época.

No final de 1966, Walt Disney morreu e seu corpo foi cremado, diferentemente da lenda popular que diz que foi congelado. Não há dúvidas que as criações de Walt Disney mudaram para sempre a história do cinema e da animação infantil.

> Proximo >>>

Buscador