História de Valquirias

Na mitologia nórdica Freyja era a deusa da beleza e do amor e sob suas ordens estavam as divindades femininas, as Valquíria. Sua principal missão consistia em honrar o deus Odin. Assim, aqueles guerreiros valentes que caíram no campo de batalha eram acompanhados pelas Valquirias até o palácio de Valhala situado em Asgard, o reino de Odin.

Quando os valentes guerreiros chegavam a Asgard, seu espírito se juntava a um exército de guerreiros mortos. As Valquirias curavam as feridas dos guerreiros e os divertiam com suas preciosas danças. Elas estavam sempre perto do deus Odin, pois enquanto ele vivia em seu palácio, elas habitavam um palácio próximo conhecido como Vingolf.

Na maioria das histórias, as Valquirias aparecem como lindas mulheres armadas com lanças e capacetes, cavalgando sobre cavalos alados. Sua imagem nos faz lembrar as Amazonas da mitologia grega. Atualmente, as Amazonas e as Valquirias se tornaram personagens lendárias no mundo dos quadrinhos.

A história da Valquiria Brunilda

Conta-se a lenda que Brunilda foi enviada por Odin para provocar a derrota de um guerreiro durante uma batalha. Quando o encontrou, sentiu pena dele e desobedecendo ao próprio Odin fez com que o guerreiro recuperasse suas forças para poder sobreviver. Odin ficou enfurecido com Brunilda e fez com que a Valquíria dormisse eternamente nas profundezas de uma floresta.

Com o passar do tempo, o guerreiro Siegfried conheceu Brunilda e a despertou do sono. Quando abriu os olhos se apaixonou imediatamente pelo jovem guerreiro, no entanto ele teve que continuar sua jornada e regressar com seus companheiros. Quando Siegfried decidiu voltar em busca de Brunilda foi vítima de um estranho feitiço, esquecendo-a para sempre, enfim, acabou casando-se com uma linda donzela.

A Valquíria não suportou esta dor e acabou se vingado de Siegfried guiando-lhe até a Valhala. No entanto, a esposa de Siegfried estava tão triste que decidiu renunciar à vida terrestre e se dirigiu ao palácio de Odin para regressar com Siegfried. Assim, a linda donzela e Siegfried puderam reiniciar sua história de amor.

A história de Brunilda aparece em “A Canção dos Nibelungos” e serviu de inspiração para os contos lendários.

A Canção dos Nibelungos se trata de um poema anônimo e se estima que foi escrito no século XIII. O episódio de Brunilda e Siegfried teve grande influência na literatura universal. Neste sentido, a famosa história "A Bela Adormecida" de Charles Perrault foi inspirada no personagem da Valquiria Brunilda.

Imagem: Fotolia. fargon

> Proximo >>>

Buscador