Biografia de Rômulo

Construtor de uma das histórias mais importantes de todo o Ocidente, Rômulo foi o primeiro rei romano e sua história pessoal é uma mistura de acontecimentos verídicos como de fantasia ou mito. A figura de Rômulo esteve eternamente vinculada a de seu irmão Remo. Juntos, sobreviveram ao abandono e foram cuidados por uma loba que lhes permitiu escapar e fundar o que hoje é conhecida como a atual cidade de Roma.

Uma origem divina em um mito que transcende os tempos

Como ocorre com todos os mitos, o da fundação de Roma serviu para explicar um fato histórico concreto: o início da história romana. Ao mesmo tempo, este mito deu uma origem divina a esta civilização, pois se acredita que tanto Rômulo (nascido no ano 771 a. C) como seu irmão gêmeo Remo (nascido no mesmo ano) foram descendentes de Enéias, um importante príncipe troiano que após ser derrotado e ver a queda da cidade para os gregos, escapou da região para consolidar um novo povoado em áreas próximas à atual Roma.

A descendência deste príncipe chega até Rômulo e Remo, estes que diante da ordem real do rei Amulio, foram abandonados no rio Tíber para que quando fossem maiores não reivindicassem o trono.

A lenda diz que estes bebês - livres pela sorte - puderam sobreviver ao serem acolhidos por uma loba que os amamentou. Quando maiores iniciaram seu caminho de volta à cidade que consideravam como própria (Alba Longa, onde reinavam seus antecessores), mas para evitar conflitos fundaram uma nova cidade da qual foram encontrados e salvos: o Monte Palatino. Hoje em dia esta região é um grande parque de Roma, uma das áreas mais visitadas pelos turistas. A fundação de Roma está devidamente datada no ano de 753 a. C.

A morte de seu irmão e o futuro de Roma

A história nos diz que o vínculo entre os dois irmãos terminou por causa de uma dura batalha entre ambos, que tinha a ver com a fundação de Roma. Após um duelo mortal, o vencedor acabou sendo Rômulo, tornando-se assim o primeiro governante da nova cidade.

O governo da cidade não foi fácil, uma vez que começou a receber pessoas de todos os tipos, gente que escapava de outras cidades; por isso foi necessário estabelecer uma ordem hierárquica de convivência. Rômulo soube ser um rei eficiente, uma vez que durante seu reinado forma introduzidas novas áreas a Roma, tornando-a lentamente o centro da Europa.

Em seus últimos anos, tornou-se um personagem cada vez mais sombrio e autoritário. Acredita-se que morreu no ano 716 a. C.

> Proximo >>>

Buscador