Biografia de José, filho de Jacó

A história das religiões judaica e cristã deram grande valor e protagonismo aos chamados "José", isso está estreitamente vinculado ao exemplo de que José foi o pai de Jesus, esposo da Virgem Maria, e o homem escolhido por Deus para educar seu filho Jesus Cristo na terra, devido à sua bondade e gentileza que o distinguia.

Por outro lado, em anos anteriores, destacou-se o patriarca José, filho de Jacó, bisneto de Abraão, com quem junto dos mencionados Jacó, Abraão e Isaac constituíram a primeira tríade patriarcal.

Junto com seus filhos, Manassés e Efraim, formou uma das 12 tribos israelenses e comandou um vasto território conforme o avanço do tempo

Era oriundo de Canaã, uma emblemática e antiga região da Ásia Ocidental, estabelecida entre o Mar Mediterrâneo e o Rio Jordão e que atualmente é composta por Israel, Palestina e algumas partes do Líbano e da Síria, nações extremamente agitadas pelos confrontos entre si.

Sua história, da qual não há evidências físicas, está relatada na Bíblia, no livro de Gênesis.

Foi o décimo primeiro filho de Jacó e Raquel, o mais amado e mimado, situação que causou uma forte rejeição entre seus irmãos que não suportavam a atenção que seus pais lhe deram e os privilégios que obtinha por ser considerado o sucessor.

O ódio de seus irmãos atingiu um ponto de extremidade, de tal forma que fizeram uma emboscada para capturá-lo e o venderam para alguns comerciantes como escravo, sendo levado ao Egito.

Seus irmãos fizeram seu pai acreditar que José havia sido morto por um lobo, mas na realidade o fizeram desaparecer pelo ódio que possuíam

No Egito, sua sorte não foi esquivada e se tornou graças a seus conhecimentos e inteligência a mão direita de um oficial da corte egípcia.

No entanto, a bonança durou pouco porque a mulher deste queria seduzir José, mas diante da negativa, inventou ao marido que José tinha passado dos limites com ela.

José acabou preso, mas pelo seu caráter logo se livraria e seria transformado em um dos homens mais apreciados do faraó, assumindo o valioso cargo de ministro.

Casou-se com uma mulher egípcia e teve dois filhos

Depois de um tempo, quando a fome invadiu a região, seus irmãos, aqueles que o traíram, viajaram para sua nova terra e lhe pediram comida.

A emoção quase o anulou, no entanto, decidiu submeter seus irmãos a uma prova para constatar se haviam se arrependido do feito em tempos atrás.

A vida deu a todos uma segunda oportunidade: a ele de recuperar sua família após cumprir sua missão e de seus irmãos por conquistar a redenção diante de um ato tão cruel

Depois de enganá-los com um suposto roubo, obrigou-os a deixar em custódia o mais novo dos irmãos, Benjamim.

A recusa dos irmãos alegando que tal fato mataria seu pai – este que já havia perdido um filho - o comoveu e fez com que os perdoasse.

José pôde reencontrar-se novamente com toda sua família e seu amado pai

Foi enterrado em Siquem, ao norte da Cisjordânia, e seu túmulo é um dos mais venerados e considerados sagrados pelos fiéis.

> Proximo >>>

Buscador