Biografia de Johann Sebastian Bach

Associado seu nome para sempre com a história da música universal, Johann Sebastian Bach foi um exaltado artista que compôs as obras mais importantes do gênero da música clássica e é lembrado por seu esteticismo e melodia, assim como por sua correção e técnica na hora de construir as harmonias musicais. Referência indiscutível do Barroco, Bach deixou um legado único e de grande valor para a cultura mundial.

Uma família destinada à arte musical e um caminho próprio

Johann Sebastian Bach nasceu em uma família de músicos e artistas abastados da região da Saxônia (hoje Alemanha, na época Sacro Império Romano). Seu nascimento no ano 1685 o coloca no auge do movimento Barroco, o que marcaria profundamente sua obra devido à força que esse estilo artístico teve em sua região de origem.

Com o incentivo direto do Estado e dos setores de poder, Bach pôde dedicar sua vida a aperfeiçoar suas habilidades musicais. Ter nascido em uma família de renome lhe ajudou muito, especialmente porque as aristocracias da época agiam como patrocinadores de futuros artistas que poderiam fazer parte de suas cortes.

A partida precoce de seus pais, antes de Johann completar dez anos, fez com que ele fosse morar com outros membros da família, estes que o estimulariam em sua prática musical, especialmente no aprendizado do órgão e em seguida o clavicórdio. Seu talento lhe rendeu bolsas de estudo em institutos da qual poderia estudar com os melhores artistas e professores da época, o que fez saber que sua vida estaria marcada para sempre pela música.

As cortes reais e um ambiente propício para triunfar

À medida que Johann Sebastian Bach ia aperfeiçoando sua técnica os resultados de seu aprendizado começaram a dar seus primeiros frutos. O jovem músico começou a procurar trabalho em diferentes cortes reais e de príncipes da aristocracia alemã que se encantavam com sua técnica.

Além disso, trabalhou em capelas e igrejas como organista e cantor, ao mesmo tempo em que deu origem às suas primeiras criações artísticas. Entre suas obras, foram encontradas peças sacras como os motetes e as cantatas da igreja, assim como peças de tipo secular.

Na idade adulta, trabalhou compondo obras para grandes orquestras que são, talvez, as mais lembradas e populares. Muitas das obras de Bach foram consideradas perdidas, mas recuperadas no início do século XX.

Embora tivesse grande reconhecimento durante sua vida, acredita-se que seu legado ganhou valor e poder após sua morte, fato que ocorreu no ano de 1750 na mesma cidade onde nasceu.

Arte Fotolia: Claudio Divizia, Animaflora, Juulijs

> Proximo >>>

Buscador