Biografia de Hillary Clinton

Com uma carreira política impressionante, poucas vezes vista para uma mulher em um mundo onde as oportunidades parecem ser apenas para homens, Hillary Clinton começou a ser uma figura pública à sombra de seu marido, Bill Clinton. No entanto, ao finalizar seus dois mandatos presidenciais, a exposição de Hillary cresceu de modo determinante, ocupando altos cargos e inclusive postulando-se como candidata do Partido Democrata à presidência.

Uma garota talentosa e devota de si mesma

Oriunda da importante cidade de Chicago, Hillary Diane Rodham Clinton nasceu em 1947 em uma família de profissionais onde o estímulo ao estudo e o desenvolvimento da profissão foram sempre um elemento central. Hillary demonstrou desde pequena certos valores e atitudes que lhe ajudaram a destacar-se no campo educativo através da inteligência, responsabilidade e comprometimento com o trabalho.

Casualmente, estes três valores seriam especialmente úteis em sua carreira política para destacar-se inclusive diante dos homens.

Seus ideais combinaram a tradição metodista herdada de sua família e a concepção liberal que desde os campos educacionais e seus avanços na carreira da ciência política lhe permitiram definir seu perfil. A partir do colégio de Wellesley aproximou-se pela primeira vez da política direta, assim que lentamente começou a participar das atividades políticas e estudantis da instituição. Mais adiante, sua trajetória continuou a partir do momento em que estudou Direito na prestigiosa Universidade de Yale.

Uma união romântica e política

Neste espaço, a Faculdade de Direito de Yale, conheceu quem seria seu futuro marido: Bill Clinton. Em 1971, iniciaram uma relação amorosa que os levaria longe, com Clinton tornando-se presidente dos Estados Unidos em 1993. Hillary foi uma extraordinária Primeira-dama: sendo a primeira pós-graduada e mesmo acompanhando seu marido em grande parte de sua carreira, nunca se tornou um elemento decorativo como ocorrido com outras mulheres.

Além das dificuldades de sustentar um governo ao longo de dois mandatos, Hillary teve que enfrentar um duro momento pessoal e político quando em 1998 estourou o escândalo da estagiária Monica Lewinsky

Embora o casal não divorciasse, muitos afirmam que este foi o momento em que Hillary entendeu que era hora de dar prioridade à sua própria carreira política. Desde então, atuou em pró desse objetivo e assim pôde apresentar-se como candidata democrata à presidência.

Ao ser derrotada dentro de seu partido frente ao candidato Barack Obama, integrou com gosto seu gabinete como Secretária do Estado e desenvolveu importantes tarefas de diplomacia internacional.

Em 2016, decidiu insistir mais uma vez com sua candidatura à presidência, sendo eleita candidata oficial do partido e a primeira vez que uma mulher chegava tão longe. Finalmente, perdeu a disputa contra o republicano Donald Trump no final desse ano.

Imagens instagram hillaryclinton

> Proximo >>>

Buscador